As Fronteiras do Desinteresse.

20 nov

Ultimamente ando lendo muito pouco, o que é uma lástima. Até porque, a grana anda curta pra isso e eu acabo gastando o que não devo em videogame… Pensando nisso, forcei-me a fazer uma ficha na biblioteca local a alguns meses atrás. O lugar tem menos livros que a minha estante, é verdade, mas pelo menos tem alguns que eu não li até hoje. Entre eles está a famosa trilogia As Fronteiras do Universo.

Bem, se é realmente famosa ou não, não tenho como dizer. O fato é que fizeram um filme do primeiro livro que eu assisti com tanto interesse anos atrás que a única coisa dele que lembro é a Nicole Kidman. Talvez tenha sido melhor assim, uma vez que os fãs dizem que o filme é uma bosta fedorenta e não tem quase nada a ver com a história.

Então, os livros contam a história de uma menina de 12 anos chamada Lyra. Ela gosta de pular nos telhados e arrumar confusão com os meninos da rua como toda criança saudável. A diferença é que ela tem um dimon, um bichinho que a segue o tempo todo como uma consciência. Tá, todos no mundo dela têm um dimon, Ela não é especial por causa disso. Acontece que, por motivos de roteiro, ela é destinada a mudar a realidade. Mas pra fazer isso ninguém pode contar a ela que a menina é predestinada. Sacou?

É, também achei meio besta. Mas funciona dentro do mundo da história, então não vejo problema. Só não gosto muito de personagens presos a destinos grandiosos. Isso sempre me soa meio forçado quando não feito muito bem…

Continuando. Lyra, a menina esperta é presa a esse destino e acaba viajando para o Polo Norte, onde encontra uma turminha da pesada para viver grandes aventuras. No final da história ela atravessa um portal para outro mundo.

Vamos agora falar da história como um todo, os três livros. Eu gostei bastante do primeiro, pois Lyra é muito esperta e consegue levar todo mundo no bico. Gosto de personagens assim. O final também é uma das coisas que me deixou bem impressionado e louco de vontade de pular logo pro segundo livro.

Mas aí veio o segundo livro…

O gatinho já está com cara de desconfiado...

O gatinho já está com cara de desconfiado…

O segundo livro não começa imediatamente onde o primeiro terminou. Ao contrário, apresenta um protagonista totalmente novo. E chato, na minha opinião. É um moleque do nosso mundo que tem uma mãe esquizofrênica e tenta esconder a coitada dos agentes de saúde ou coisa assim. Ele deixa a pobre mulher com a professora de piano e some pra outra cidade fazer não me lembro o que. Detalhe: a partir desse livro não lembro muito bem das coisas porque, bem, tudo vai ficando muito chato. Depois de páginas intermináveis, o garoto encontra um portal para outro mundo e nele a Lyra, que está mais perdida que cego em tiroteio.

Enfim, não vejo nada muito digno de muita nota a não ser dizer que o segundo livro não passa de uma ponte para o terceiro.

O gato já está visivelmente aborrecido.

O gato já está visivelmente aborrecido.

Não é que o livro seja ruim. É que nos dois anteriores criam uma expectativa de que algo gigantesco vai acontecer, e quando acontece eu pensei “só isso?”. Acabei me sentindo um pouco enganado pela coisa toda. Nem vou falar nada sobre o que acontece pra não dar spoiler em quem ainda queira ler. Mas pra mim ficou com algo a desejar. Pensei que no final veria algo que me fizesse gritar PORRA e jogar o livro contra a parede do mesmo modo que fiz no final de 1984 ou quando leio algum livro da série As Crônicas de Gelo e Fogo. Contudo, as coisas se dão de modo bem suave e tranquilo. Não diria previsível, porque senão seria impactante para mim…

Acho que tá aí! O livro é imprevisível de um jeito ruim. Você espera uma picanha sangrando no espeto e acaba recebendo amendoins salgadinhos. É bom ainda, mas parece que podia ser melhor.

É isso que eu gostaria de dizer sem dar spoiler. Não foi muito, pelo que dá pra ver.

Então, até semana que vem, quando tentarei escrever outra coisa e voltar com a periodicidade desta benga. Até porque, agora que tenho um PC decente, vou ter muito jogo pra poder falar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: