Paulo Coelho critica James Joyce e seus seguidores. Ou, como promover um barraco chique.

9 ago

Um terremoto abalou o mundo literário esta semana!

Tá, nem foi tanto assim. Mas não deixou de ser divertido.

Pra quem tem mais o que fazer do que acompanhar treta na internet o negócio foi mais ou menos assim: Paulo Coelho disse que James Joyce só é forma e não conteúdo. Nas suas próprias palavras:

“Os autores hoje querem impressionar seus pares. Um dos livros que fez esse mal à humanidade foi ‘Ulysses’, que é só estilo. Não tem nada ali. Se você disseca ‘Ulysses’, dá um tuíte”. 

Dá pra sacar que o pessoal do meio ficou muito putinho com ele. Ameaçando xingar muito no twitter e tudo  mais. Um crítico do Guardian, cujo nome não lembro, chamou sua obra de “nauseabunda” e outras gracinhas do gênero. Além de outras pessoas ao redor do mundo que ficaram com raivinha dele. Pra terminar Seu Paulo soltou os cachorros no twitter, subindo mensagens em apoio a ele e detonando quem o criticava. Reclamou que disseram que ele insultou os leitores de James Joyce, embora os leitores dele sejam sempre insultados.

Tadinho dele, né gente?

Fuck the police! Vou falar mal de um clássico da literatura mundial sim e ninguém pode me impedir!!!

Um minuto para um pausa de reflexão…

Fim da pausa!

É óbvio que ele disse isso pra gerar essa confusão toda e assim conseguir publicidade grátis pro novo livro dele, cujo título também não sei. Não se pode negar que Paulo Coelho é um gênio do marketing quando se trata de vender seus produtos. Afinal, ele está nesse negócio há quanto tempo? Vinte, trinta anos? Não importa. O que importa é que ele sabe o que está fazendo e seus seguidores e odiadores só estão indo na onda que ele criou. Bom pra ele! Sinceramente, quero que seu livro venda bastante, como sempre. Afinal, já passei da idade de ficar de birrinha com o cara como esse povo que xilicou violentamente na internet.

Acho que me distanciei do assunto, não é? Então voltemos!

Como eu adoro esse tipo de treta, fico lendo os comentários das reportagens e tal. Estava pensando e pegar uns comentários do site da Folha de S. Paulo, mas acho que traria estupidez demais para seus sensíveis corações. Então vamos com os comentários da Carta Capital, aquela revista petralha cheia de intelectuais orgânicos do partido.

Ebano disse:

Peguei um livro do Paulo Coelho para ler e quase joguei-o na parede. Defendo que o que salva este escritor horrível é a tradução e o marketing. Aqui no Brasil, claro, é a burrice do brasileiro mediano, que é analfabeto funcional. Não dá pra ler um escritor que nem consegue articular um parágrafo com o outro e espanca o português de Camões e Machado sem nenhuma cerimônia….

Ao menos não temos os terríveis erros de pontuação e gramática do site da Folha… Enfim!…

Nosso amigo Ebano começa discorrendo que, ao tentar ler um livro de Paulo Coelho, o jogou contra a parede. Disse também que ele é horrível e se salva pela tradução. Tudo bem… Mas a pérola vem em seguida: A culpa de nosso mago ser famoso e vender muito se deve “a burrice do brasileiro mediano, que é analfabeto funcional”. Agora a culpa do cara ganhar rios de dinheiro é porque o povo é burro e não intelectualizado como o comentarista… Esse, meus amigos, é o nível de um típico odiador de Paulo Coelho! O cara simplesmente diz que o que ele escreve é uma merda porque sim e ainda culpa a suposta ignorância do povo por sua fama! Sendo esse o tipo de gente que adora falar mal de novela mas não perde um capítulo da sua série americana preferida(alô, True Blood!). É por isso que eu larguei esse osso de falar mal do cara! Não pega bem pra mim juntar-me a esse tipo de gente, né? Afinal, sou altamente culto!(cof , cof, cof)

Claro que eu sou culto, gente! Eu leio As Crônicas de Gelo e Fogo no original!!! Tá, que fiquei sem entender muita coisa, mas não importa! Eu li aquela benga e, sendo assim, sou um primor intelectual!!!

Quê, mãe? Meu remédio?… Não tomei ainda?… Sim, mamãe…

Err… continuando…

Vendo isso dá pra imaginar porque Paulo Coelho é tão bem sucedido em suas ações de marketing. Os seus detratores fazem toda a propaganda por ele! Parecem ratinhos de laboratório condicionados que, ao menor movimento dele, já se põem a gritar como possessos.
Da minha parte, não tenho nada contra ele. Até concordo com certos pontos da sua argumentação, quando ele diz que Ulisses gerou uma multidão de imitadores e críticos que só sabem medir as coisas pelo seu prisma. Isso é verdade e não se pode negar. Principalmente na crítica literária brasileira, que é a que eu conheço. Parece que tudo que não for experimentalismo e altamente viajado não vale a pena. Ou talvez a editora não tenha pago um jabá legal… Do meso modo, essa histeria em crucificar o sujeito por todos os males do mundo só faz mal à literatura brasileira, esta entidade estranha. Isso desestimula fortemente quem quer escrever apenas para entreter as pessoas, e não ser o próximo Guimarães Rosa ou James Joyce.
Quanto ao Ulisses, só li até a metade. Logo, não posso falar nada sobre ele, a não ser que fiquei sem entender muitas partes.

Por isso, desta vez, dou meu apoio a Paulo Coelho! Veja bem, apoio em parte, antes que vocês queiram me tacar milhões de pedras! Até porque, qualquer dia desses, quero terminar Ulisses…

2 Respostas to “Paulo Coelho critica James Joyce e seus seguidores. Ou, como promover um barraco chique.”

  1. Sérgio 17/08/2012 às 21:25 #

    “Quem fala o que quer, ouve o que não quer”! Longe de mim execrar qualquer obra, mas dentre os escritores, prefiro Antoine de Saint-Exupéry, de Terra dos Homens, Cidadela, Voo Noturno… James Joyce, Fernando Pessoa, Machado de Assis são gênios incontestáveis da Literatura mundial.

  2. Adriane Monteiro 14/02/2013 às 21:25 #

    Seu texto é espirituoso, me diverti com a leitura. Como escritora que lê Kafka, Milan Kundera, Clarice Lispector etc sou muito exigente em relação a literatura (na verdade, em relação a tudo rs), por isso seria hipocrisia dizer que apoio a leitura de Paulo Coelho, mas também não me disponho a ser mais uma odiadora de sua ”obra”. Já li Coelho e não vou repetir a experiência. Ele realmente é um gênio do marketing rsrs Abraços.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: